Perdas e Ganhos, de Lya Luft
 



Perdas e Ganhos, de Lya Luft

por Sandra Radin

"Em plena maturidade sinto em mim a menina assombrada com a beleza da chuva que chega sobre as árvores num jardim de muitas décadas atrás." p. 26.

Segundo as próprias palavras de Lya Luft, uma obra que trata do drama existencial humano mas de forma direta, conversando com o leitor a quem ela chama de leitor imaginário. Disse ter escrito esse livro sem pensar em nada, sem esperar nada. Nele, compartilha seus medos, inquietações e duvidas sobre seu próprio caminhar.

Foi feita uma tiragem inicial de 3000 exemplares que acabaram em apenas 10 dias. O livro vendeu mais de 1.200 milhão de exemplares e foi traduzido em 13 países. Permaneceu por 113 semanas no topo da lista dos mais vendidos e deu notoriedade a escritora.

Lya classifica Perdas e Ganhos junto com Pensar é transgredir e O tempo é Rio que Corre como “ensaios não acadêmicos”. Coisas sobre as quais ela refletiu. Já em outro momento ela os classifica de reflexões. Independente da classificação, o texto foi bem escrito. Provoca, indaga, expõe sentimentos e nos conduz pelos labirintos da existência com serenidade, sabedoria , fluidez de pensamento e uma certa dose de perplexidade e inquietação.

Consigo perceber nesta obra aquilo que Lya afirma, ou seja, convida o leitor a se juntar a ela, ser seu cúmplice e companheiro nesta jornada de descobertas, desconstrução e reflexões que vão da infância à vida adulta e à morte.

Sem nunca perder o fio da meada vai tecendo com habilidade e destreza, entre um pensamento e outro, uma reflexão ou incerteza uma nova maneira de ver e sentir a vida.

Fala de recomeços, de relações conflituosas entre pais e filhos, de historia de mulheres que se descobrem envelhecendo e a forma com que lidam com essa nova realidade mas sempre sob a perspectiva de alguém que aprendeu e continua aprendendo com todos os acontecimentos, dores e alegrias.

Algumas vezes consigo sentir que estou sentada ao seu lado tomando uma xícara de chá e divagamos com paixão e alma sobre temas tais: tempo, família, relações, ilusões, perdas em vida, perdas pela morte, enfim sobre o intrincado e complexo sentido do existir.

Consigo sentir em suas palavras que as perdas ou ganhos baterão em nossa porta em algum momento e seu impacto será proporcional ao conjunto de nossas experiências e história pessoal de vida.

Se o que Lya pretendia ao escrever este livro era nos desacomodar, nos provocar a rever nossos conceitos, a olhar para nossas emoções e sentimentos ela conseguiu e com muita maestria.

O titulo do livro já deixa claro que se trata das tantas perdas e outros tantos ganhos que a pessoa acumula durante a vida mas só com a maturidade é capaz de equilibrar os dois lados da balança.

No meu modo de ver Lya Luft com este livro nos convida a rever nossos vínculos, nossos afetos. Repensar o que entendemos por ser feliz e mais do que isso nos instiga a construirmos relações sólidas, sadias e baseadas na amorosidade e comprometimento com o ser e o sentir.

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "394310" no campo.
  

 

Voltar