Como superleitores conseguem ler 52 livros por ano
 



Notícias sobre Leitura e Escrita

Como superleitores conseguem ler 52 livros por ano

Valor Globo


A colunista Pilita Clark observou quem tem esse hábito e dá dicas de como todos podem conseguir também.

Para certo subconjunto da população, não há nada mais relaxante que uma promessa de ano novo - a dos outros. É o grupo dos “sem-promessa”, das pessoas que gostam de observar sentadas enquanto os outros sofrem ao longo de semanas de autoabnegação em janeiro, sem bolos ou vinhos. Normalmente, estou entre esses espectadores. Neste ano, contudo, fui afligida por um desejo de autoaperfeiçoamento em uma área específica. Em 2022, gostaria de ler mais livros.

A iluminação caiu sobre mim na semana passada, quando me deparei com um fenômeno que me pareceu assombroso, ainda mais em um ano pandêmico de distrações: listas compiladas por pessoas que conseguiram ler pelo menos um livro por semana em 2021. “Aprendi um monte”, escreveu Tom Calver, jornalista especializado em dados do “The Sunday Times”, sobre a odisseia de um ano empreendida para honrar uma resolução de ano novo: ler 52 livros em 2021.

Alguns o fizeram chorar. Outros o deixaram sem dormir. Uma pessoa de números, ele os classificou por ordem de prazer, começando com “A Fogueira das Vaidades”, de Tom Wolfe, e terminando com “Às Avessas”, romance de 1884 que considerou “deprimente e sem sentido”.

A lista de Calver apareceu no dia seguinte ao que um amigo, Richard McGregor, publicara no Facebook 52 minicríticas de livros lidos em 2021.

McGregor, que foi jornalista do “Financial Times” e hoje está no centro de estudos Lowy Institute, de Sydney, Austrália, vem escrevendo listas como essa há tempos. Como de costume, a mais recente estava recheada de anedotas recolhidas de suas épicas leituras, como a seguinte, tirada das mais de mil páginas do último volume de biografia de Stálin, escrita por Stephen Kotkin. “Que sujeito. Muito bem”, exclamou Stálin, quando lhe contaram da Noite das Facas Longas, de Hitler, em 1934. “Sabe como agir!”


Clique aqui para mais informações.


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "454207" no campo.