Livraria sobrevive à crise do mercado editorial com venda de livros raros e segmentados
 



Notícias sobre Leitura e Escrita

Livraria sobrevive à crise do mercado editorial com venda de livros raros e segmentados

Marcelo Baccarini – G1


Na contramão do mercado editorial, a livraria de Adalberto Ribeiro cresce em torno de 20% ao mês com livros raros e segmentados.

Entre as obras clássicas da Livraria Simples, como é chamada, estão o livro de cartas do poeta português Antero de Quental e a edição portuguesa da história universal.

Perspicaz, a livraria reagiu rápido à crise da Covid-19. Menos de um mês após o primeiro fechamento do comércio, o empresário criou um site e digitalizou as vendas.

“A pessoa manda mensagem perguntando se a gente tem tal ou tal livro e a gente responde a mensagem e fecha o negócio. Tudo está se dando basicamente por WhatsApp ou Instagram”, explicou Ribeiro.


Para mais informações, clique aqui.


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "005811" no campo.