Quais as melhores redes sociais para escritores
 



Dica de Escrita

Quais as melhores redes sociais para escritores

Escrita Criativa


Esta é uma dúvida que várias pessoas compartilham: quais as melhores redes sociais para escritores? Apesar de existirem algumas redes com foco em leitores e escritores, há mídias e sites importantes através dos quais o escritor, com o tempo, pode criar a sua imagem e um relacionamento com o seu público.

Pensando nisso, na hora de escolher as redes sociais para divulgar seus textos, livros, conteúdo e opiniões, reflita sobre qual é a fase que você está vivendo como escritor e os seus objetivos atuais. Por exemplo, se você recém começou a se aventurar na escrita, antes de postar qualquer coisa, pesquise o que seus colegas e escritores que você admira estão fazendo nas redes. Onde eles estão? O que eles publicam? Que linguagem eles usam? Tudo isso não com o objetivo de copiá-los, mas para ter um parâmetro no qual você possa se basear.

Para ajudar você nessa missão, preparamos uma lista com as principais redes sociais que existem e que estão acessíveis a qualquer um (que tenha computador ou celular e internet):



Youtube

Apesar de ser uma plataforma de vídeo, o Youtube tem recursos parecidos com os das redes sociais, como poder seguir um canal e conversar com os usuários, comentar os vídeos, entre outras coisas. Pode parecer estranho falar da necessidade de criar vídeos para uma pessoa que gosta mesmo é de escrever, mas não podemos negar que os vídeos atraem mais pessoas e provocam um maior engajamento. Tanto que o Youtube é a rede social mais acessada pelos brasileiros desde 2019.

O vídeo, além de ser mais consumido do que os textos na internet, aumenta as chances de o seu público encontrar o seu nome e os seus livros ou textos nos sites de busca como o Google, por exemplo. Além disso, os vídeos oferecem recursos que agregam valor aos seus textos, como trilha sonora, recursos visuais e a própria imagem e voz do narrador, o que deixa o conteúdo ainda mais interessante.

Mesmo assim, você tem todo o direito de bater o pé e dizer que nunca vai estar no Youtube, mas pense na oportunidade de se diferenciar no mercado literário através de uma rede social ainda pouco utilizada por escritores. Permita-se pensar sobre essa possibilidade.

Facebook

O Face, como é chamada essa rede social, pode até ter perdido o posto de primeira do país, mas ainda tem um público expressivo: mais de 2,2 bilhões de pessoas no mundo e 130 milhões só no Brasil. Por esses números e pelo fato de a maioria das pessoas que faz parte da sua rede de contatos estar no Facebook, é ainda uma rede importante para divulgar seus escritos.

Instagram

Sem dúvida, o Instagram é uma das redes sociais que mais crescem no mundo, inclusive no mundo literário. Se você procurar, você vai encontrar perfis especializados em resenhas, em leituras e comentários, em publicações por nichos, em livrarias pelo mundo, entre muitos outros perfis ricos em detalhes, fotos e seguidores, claro.

Essa preferência se deve a alguns recursos atrativos que a rede oferece, como filtros nas imagens; stories com fotos e vídeos; destaques; enquetes; GIFs; boomerangs; compartilhamento de eventos do dia; além do IGVT, que permite postar vídeos personalizados com mais de um minuto.

Twitter

Está aí uma rede que muita gente torce o nariz, mas que já conquistou o seu espaço, principalmente entre os famosos e intelectuais. Ao contrário do Instagram que tem o foco nas imagens, o Twitter prioriza textos, opiniões e notícias, o que está acontecendo em tempo real.

Portanto, pense na possibilidade de divulgar lançamentos de livros, novos trabalhos e firmar seu posicionamento sobre algum assunto importante para você e para sua audiência.

LinkedIn

Antes que você argumente que se trata de uma rede social só para currículos, considere todas as vantagens da rede para a sua carreira de escritor. O LinkedIn é sim uma rede social com foco em contatos profissionais, mas ela também é uma oportunidade de criar e alimentar um público seu, mais propenso a comprar seus livros e a interagir com a sua escrita e seus desafios.

E como você pode fazer isso? Criando um perfil bem completo; postando semanalmente no Feed (compartilhe seus desafios como escritor); criando artigos de sua autoria, o que gera credibilidade para o seu nome; interagindo com as pessoas (comentando posts e artigos, mas faça isso quando e se sentir vontade, caso contrário, será uma presença forçada e notada por isso).

Medium

Idealizada pelo mesmo criador do Blogger e do Twitter, é uma das redes mais focadas em escritores e textos disponível atualmente. Vale à pena fazer parte dela por alguns motivos. O Medium é um app que, antes de tudo, possibilita criar um blog com um bom design e interface customizável. Os posts são mais ranqueados pelos sites de busca, a plataforma encontra e entrega seu conteúdo para o seu público (leitores e escritores), permite uma rica interação com os leitores que podem, inclusive, destacar partes dos seus textos para comentá-las.

Além disso, o Medium oferece a possibilidade de pedir para outras pessoas revisarem seus textos antes de publicá-los, o que contribui para a criação de conteúdo colaborativos. Outra característica diferenciada do Medium é que, ao invés de “curtir”, você envia palmas (claps), quantas vezes quiser no mesmo post.

Além das redes sociais, você pode participar de comunidades específicas para escritores e leitores como o Skoob e o Wattpad, que são as mais conhecidas.

Skoob

O site é uma espécie de rede social para leitores. Você cria o seu perfil, lista os livros que já leu, dá notas para cada um, lista os que deseja ler, os que releu, os que desistiu de ler, inclusive, aqueles que você emprestou. Além disso, você pode definir metas de leitura, o que facilita a sua organização. Se o Skoob é uma rede social para leitores, pode ser uma oportunidade de aparecer também como escritor.

Wattpad

É um aplicativo gratuito (para Android e iOS) no qual você pode ser um leitor, um escritor ou os dois. Lá estão autores famosos e outros começando. É uma boa oportunidade de divulgar os seus escritos e de fazer parcerias com editoras e empresas de mídia da área.

Mas você pode estar se perguntando por que estar nas redes sociais e na internet é tão importante para um escritor. Porque aquele perfil caricato do autor mergulhado nos livros escondido no canto de um quarto não ajuda em nada a alavancar a carreira literária de alguém. Ter e manter uma presença digital é importante para todos os escritores que desejam viver da sua escrita e ampliar o seu público além dos pais e avós.


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "442702" no campo.