Clássico da autoajuda é o livro mais vendido de 2020
 



Notícias sobre Leitura e Escrita

Clássico da autoajuda é o livro mais vendido de 2020

PublishNews


Mais esperto que o diabo, escrito por Napoleon Hill em 1938, teve mais de 109 mil cópias vendidas ao longo do ano e deve se sagrar como o livro mais vendido de 2020.

O ano de 1938 não foi bolinho! O mundo mal se recuperava da Primeira Guerra Mundial, quando Hitler resolve ampliar o Império Alemão, anexando a Áustria e territórios da então Tchecoslováquia e lançava olhar para conquistar também a Polônia. Era o prenúncio da Segunda Guerra que eclodiu no ano seguinte. A economia mundial também vinha se recuperando da Grande Depressão iniciada em 1929, mas uma recessão iniciada em 1937 nos EUA fez o PIB americano cair 10% e o desemprego alcançar 20% da população norte-americana da época.

Foi nesse cenário que Napoleon Hill, na época, com 55 anos de idade, escreveu Mais esperto que o diabo (Citadel), livro que deve encerrar 2020 como o mais vendido do ano, com 109.333, ultrapassando o bicampeão (2018 e 2019) A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), que ficou em segundo em 2020, com 101.832. Do mil ao milhão (HarperCollins), de Thiago Nigro, completa o pódio, com 75.814. A lista tem mais uma semana pela frente, mas dificilmente mudará esse cenário; o clássico da autoajuda deve levar o troféu de livro do ano no Prêmio PublishNews 2020.


Leia a matéria completa clicando aqui


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "005902" no campo.