Dicas para publicar seu livro digital
 



Dica de Escrita

Dicas para publicar seu livro digital

entrevista com Luísa Aranha


É fato que o mercado editorial não é mais o mesmo de alguns anos atrás. Existem milhares de leitores que não fazem mais questão de ler livros impressos e que preferem a comodidade e a flexibilidade, inclusive de preços, dos livros digitais.

Junto com essa realidade, a publicação de livros ganhou em possibilidades, ou seja, os escritores podem publicar seus livros de forma independente, sem editora, e construir uma carreira sem tantos custos e burocracia.

Para aprofundar esse assunto, conversamos com a Luisa Aranha, escritora com cinco anos de experiência em publicações independentes e que acaba de publicar o Guia de Autopublicação pela Amazon.



Confira a entrevista na íntegra:

Quais são os primeiros passos para quem deseja publicar seus livros de forma independente?

O primeiro passo é entender o processo e como fazer. Publicar de forma independente não significa, em hipótese alguma, pular alguma das etapas de editoração.

Quais as plataformas de publicação que tu indicas?

Para vender livros digitais, a Amazon com certeza é a melhor tanto pro autor, quanto pro leitor. Para livros impressos, gráficas sob demanda que colocam o teu livro em marktplaces como Amazon, Submarino, Americanas e outros, sempre indico a Bok2 ou a Umlivro. Agora, se o escritor quer começar a formar um público e publicar suas histórias gratuitamente, o wattpad é a melhor opção.

Quais as vantagens e desvantagens de publicar de forma independente, na tua visão?

Sinceramente não vejo desvantagem. Os custos são mais em conta, inclusive em comparação a editoras pagas, e, levando-se em conta a realidade editorial e de distribuição no Brasil, para um autor iniciante, não fará muita diferença publicar independente ou por uma editora de porte médio. As vitrines das grandes livrarias sempre são dos gringos e das grandes editoras e isso não vai mudar enquanto a lógica do mercado não for valorizar o produto local.

Que dica você gostaria de ter recebido quando começou a publicar desta forma?

Todas que eu coloquei no Guia da escritora independente! Hahahahaha! Eu já era formada em comunicação e tinha algum conhecimento do mercado e do processo editorial, então, não posso dizer que apanhei muito, mas algumas coisas que sei hoje teriam ajudado e acelerado o processo lá no início. Como encontrar e formar público, por exemplo. Ou a forma de publicar impressos sem gastar uma fortuna.

Mesmo publicando de forma independente, você indica a publicação dos livros impressos? Por quê?

Sempre! Se você tem público para consumir impresso, deve publicar. Como disse, existem possibilidades com baixo custo e boa qualidade, não precisamos mais ser reféns de tiragens gigantescas que ficam empacadas em caixas em algum canto da casa pegando pó e mofando.

Eu, por exemplo, sempre faço o lançamento do ebook, depois abro pré-venda do impresso (isso ajuda a bancar os custos de impressão e quem compra na pré-venda ganha dedicatória, marcadores e frete por um preço promocional) e depois deixo os livros à venda em vários markplaces.


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "203205" no campo.