5 Dicas para vender seu livro depois de publicado
 



Dica de Escrita

5 Dicas para vender seu livro depois de publicado

Escrita Criativa




Há quem acredite que os maiores desafios de um escritor são escrever e publicar seus livros, não é verdade? Mas existe uma etapa que exige tanta dedicação e paciência quanto escrever e publicar: a venda dos livros. Por isso, esteja ciente de que, mesmo se você publicar seu livro com uma editora, você terá que fazer a sua parte para que ele não fique pegando pó na estante.

Separamos algumas dicas para você. Confira.

Dica 1. Não espere o lançamento para promover seu livro

Um grande equívoco que muitos escritores cometem é deixar para promover seu livro só depois de publicado e lançado. Isso exige muito mais trabalho para vender depois. Ao invés disso, você pode gerar uma expectativa no seu público bem antes do lançamento.

Como? Comunicando seu sonho de escrever um livro nas suas redes sociais e no seu blog, dando pistas sobre o tema do seu próximo livro ou ainda pedindo a opinião das pessoas quanto ao tema ou quanto aos personagens, por exemplo. Para isso, você pode fazer enquetes no Instagram ou no LinkedIn.

Há também a possibilidade de contratar os serviços de assessoria de imprensa para participar de entrevistas e mostrar seu livro nos principais veículos de mídia.

Uma dica importante é: crie o seu próprio mailling, com os e-mails e contatos de pessoas que comprariam seus livros. Vale amigos, parentes, conhecidos, colegas de curso, entre outros. Deixe a planilha sempre atualizada e vá mantendo contato com essas pessoas sempre que possível.

Dica 2. Crie conteúdo nas suas redes sociais

As redes sociais servem para criar e manter uma relação mais próxima entre o autor e os leitores através de um conteúdo interessante e relevante para eles. Para não ser um trabalho aleatório, faça um planejamento do seu conteúdo, assim, você evita postagens de última hora e nunca fica sem ideias quando você precisa postar.

Nesse planejamento, defina os temas do seu conteúdo, focados nos assuntos os quais você domina e gosta de escrever e de falar. Não tenha medo de se posicionar e de comunicar ao que você veio. Busque a sua verdade e não siga modelos e caminhos já prontos. Dessa forma, você cria um conteúdo diferenciado e já começa a construir a sua imagem como profissional e como escritor antes de mesmo de escrever um livro.

Crie a sua página no Youtube, uma das redes que mais crescem no mundo, e insira seus vídeos lá.

Dica 3. Além do livro físico, tenha versões on-line

Como você já deve saber, o livro físico não é mais a única opção para um escritor. As versões on-line encurtam o caminho da publicação e das vendas em maior escala sem tantos custos de editoração, diagramação, projeto gráfico e publicação. Vale à pena pesquisar mais sobre o assunto.

Dica 4. Tenha um site ou blog

Ter o próprio site com blog é o melhor caminho para um escritor, pois você pode ter todas as informações no mesmo local: sua trajetória profissional, seus livros com links de venda, seus textos (conteúdos) no blog, além de outras informações.

Duas grandes vantagens de ter o próprio site é que ele oferece um melhor ranqueamento nos sites de busca, como o Google, por exemplo, principalmente se você publica conteúdo nele com frequência. Isso significa que as pessoas podem encontrar o seu nome e os seus livros na internet mais facilmente.

Outra vantagem é que, com seu próprio site, você não corre o risco de ter sua página excluída ou bloqueada de repente, como pode ocorrer nas redes sociais. Uma comparação que ilustra bem essa situação é que ter uma página na rede social é como morar de aluguel e ter um site é como morar na sua casa própria.

Mas, se você não pode investir em um site no momento, existem alternativas como o Medium, por exemplo, onde você pode criar a sua página e publicar seus textos. www.medium.com

Dica 5. Apareça

Um escritor não trabalha a sua imagem apenas escrevendo livros. Além das redes sociais, site, conteúdo, ele pode aparecer mais para o seu público, estreitando a relação.

O “ao vivo” e os vídeos são muito efetivos para a construção da imagem do escritor. Por isso, faça lives sozinho e com convidados, participe de eventos sempre que possível, faça vídeos nas redes sociais, no seu site e no Youtube.

Mas faça isso constantemente e não somente para vender seus livros depois de publicados. Além disso, participe de feiras do livro, encontros de literatura, oficinas, cursos e eventos do setor.


Então, gostou das dicas? Se tiver mais alguma para agregar, deixe seu comentário.


Cadastre-se para receber dicas, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "275311" no campo.