Chick-lit - conheça este novo gênero literário
 



Dica de Escrita

Chick-lit - conheça este novo gênero literário

Cinthia Dalla Valle


A literatura costuma reverenciar as obras e o autores clássicos e já renomados, mas nunca fecha os olhos e as portas para as novidades que surgem com as transformações sociais ocorridas ao longo do tempo.



Não há mais espaço para preconceitos quanto aos gêneros literários e nem para discussões infindáveis sobre o que é e o que não é Literatura. Afinal, os leitores não estão preocupados com as categorias dos livros que amam, eles só querem lê-los e desfrutá-los, no seu tempo e do seu jeito. Quem lê uma obra busca efeitos, sensações, descobertas e transformações, independentemente se é um conto, uma crônica ou um chick-lit. É claro que é importante conhecer os gêneros literários, mas sem limites ou preconceitos.

O chick-lit é um exemplo disso. Mesmo com todos os preconceitos que o termo carrega, as leitoras deste gênero gostam e se identificam com ele e, frequentemente, precisam se defender dizendo que não leem só chick-lit. E se lessem, teria algum problema?

Mas vamos falar um pouco sobre o que é chick-lit na prática. O termo surgiu na década de oitenta, nos Estados Unidos, como nome de uma disciplina sobre literatura feminina da Universidade de Princeton.

É um gênero de ficção dentro da ficção feminina que trata de questões vividas pelas mulheres modernas. Geralmente, são romances que usam da leveza e do humor para falar sobre o cotidiano feminino. É um gênero famoso e rentável nos Estados Unidos, mas, no Brasil, ainda é pouco conhecido, apesar de já haver obras e escritoras avançando no gênero.

Obras chick-lits são, na sua maioria, livros escritos por mulheres, sobre mulheres e para mulheres. Embora as obras juvenis estejam conquistando mais leitoras, a idade não tem relevância, o que importa são as experiências retratadas. Os temas variam entre problemas amorosos (namoro, casamento e divórcio), conflitos com o peso e com o corpo e desafios no trabalho. Tudo sempre tratado com um toque de humor.

O chick-lit não é considerado propriamente um romance porque as histórias vividas pela protagonista não focam nos seus relacionamentos amorosos, mas abordam também as suas relações com a família e os amigos.

É provável que você já tenha lido uma das obras dessas autoras, mas não sabia que pertenciam ao gênero Chick-lit. Confira algumas das principais autoras deste gênero:

> Candace Bushnell - Sex and The City
> Lauren Weisberger - O Diabo Veste Prada
> Marian Keyes – Melancia e Sushi
> Meg Cabot - O Diário da Princesa
> Sophie Kinsella - Os Delírios de Consumo de Becky Bloom
> Helen Fielding - O Diário de Bridget Jones
> Lauren Conrad - trilogia L.A. Candy
> Emily Giffin - Ame O Que É Seu
> Cecily Von Ziegesar - série Gossip Girl
> Jean Webster - Papá das pernas altas
> Margarida Rebelo Pinto, escritora portuguesa Jennifer Weiner
> Jojo Moyes - Como eu era antes de você

No Brasil, algumas autoras que se destacam são:

> Thalita Rebouças - Por que só as princesas se dão bem?
> Carina Rissi - Perdida: um amor que ultrapassa as barreiras do tempo e Procura-se um Marido e Encontrada
> Bruna Vieira - Depois dos Quinze e De Volta aos Quinze
> Patricia Barboza - Os Quinze Anos de Carol e As MAIS
> Fernanda França - Nove Minutos com Blanda, Malas, memórias e marshmallows e Bolsas, Beijos e Brigadeiros
> Iris Figueiredo - Meu amor é um Anjo, Dividindo Mel e Confissões On-line
> Tammy Luciano - Sou Toda Errada, Novela de Poemas, Garota Replay e Claro que te amo!
> Babi Dewet - Sábado à Noite

Gostou deste assunto? Compartilhe a sua opinião conosco!


Cadastre-se para receber dicas, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Que nome para esse "gênero": chick-lit.
Eita que nós mulheres continuamos sendo motivo de chacota, de coisa menor... espero que não tenham sido as mulheres que denominaram assim este "gênero"... piada de mau gosto!

Elisabet Gonçalves Moreira, Petrolina 27/07/2020 - 16:27

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "404712" no campo.