Notícias sobre Leitura e Escrita

Leitor eletrônico deve ficar restrito a nicho

Terra


Quando lançados em meados da década de 2000, os leitores eletrônicos (ou e-readers) fizeram muita gente questionar se o livro de papel estava com os dias contados. Em seu auge, disputavam com os tablets um espaço nas lojas e nos bolsos dos consumidores. Hoje, porém, seu destino é incerto, segundo projeções do portal Statista, a receita com a venda de leitores eletrônicos pode cair para US$ 160 milhões em 2025 - em 2018, foi de US$ 460 milhões.


Leia a notícia completa clicando aqui.


Cadastre-se para receber dicas, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "024905" no campo.