O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
 



O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

por Aline Peterson

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é um filme de 2001 que conta a história de uma jovem (Audrey Tautou) do interior da França que passa a morar em Paris. Amélie Poulain fora uma criança solitária na infância, já que seu pai acreditava que ela sofria de um problema no coração. Sequer frequentou a escola, sendo alfabetizada pela mãe, que era professora. Já adulta, decide, do seu jeito peculiar e através de pequenos gestos, mudar a vida das pessoas ao seu redor, quase como uma super-heroína – não é a toa que em dado momento ela se veste de Zorro.

Amélie trabalha em um café em Montmartre, bairro parisiense conhecido pelo seu charme e boemia. É lá também que ela mora, e é em seu apartamento que ela encontra uma misteriosa caixa, que pertencia ao antigo morador, Dominique. Decide então encontrar o dono, e a partir de então, se depara com algumas situações que a fazem (e nos fazem) enxergar o mundo sob uma nova perspectiva. O tesouro de Dominique passa a ser o início da sua trajetória como heroína, e a felicidade que ela vê nos olhos dele na entrega desse tesouro se torna o que move Amélie ao longo de sua jornada.

O filme conquistou e ainda tem conquistado sólidos e entusiasmados fãs desde que foi lançado. Certamente um dos motivos para tal acontecimento é o charme do bairro onde fora gravado, Montmartre. Até hoje o café que serviu de cenário para o filme, o Café des Deux Moulins, onde Amélie Poulain trabalhava, possui sua foto em uma das paredes, além de guardar no banheiro itens que foram utilizados durante a gravação do filme e servir um prato que leva o nome da protagonista (crème brûlée e chocolate quente). O local passou a ser um dos pontos mais visitados pelos turistas no bairro, ilustre pelas ruas arborizadas e aconchegantes, seus pintores de rua e seus restaurantes. É nesse mesmo bairro que se encontram também pontos turísticos memoráveis como a igreja Sacré-Coeur, a Praça de Abbesses, onde fica o famoso Le mur des Je t’aime – um muro onde a frase “Eu te amo” está escrita em mais de 300 idiomas – e o cabaré Moulin Rouge, também eternizado no filme de Baz Luhrmann de 2001, com Nicole Kidman e Ewan McGregor no elenco.

Não é a toa que O fabuloso destino de Amélie Poulain é um dos filmes franceses mais amados pelo público cinéfilo. Além do deslumbrante local de filmagem, o filme também encanta pelos diálogos sensíveis e pela trilha sonora, feita especialmente para o filme. Seu enredo é simples, mas seu modo romântico, pop, divertido e frenético, além de sua fotografia e de suas cores intensas que quase fazem com que sintamos o cheiro dos ambientes e as texturas das roupas e dos objetos em geral, captam o olhar e ganham o coração do espectador.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é um filme que fala sobre empatia, sobre ser autêntico e sobre apreciar os detalhes, aqueles pequenos grandes momentos que a vida nos proporciona: ver o sol nascer, ouvir as ondas do mar quebrando na areia, ouvir o riso de alguém, dar um abraço com saudades, sentir o cheiro da chuva... Episódios que passam despercebidos no mundo árido das relações modernas e distantes do afeto real. É também um filme que nos ensina que devemos arriscar, tomar atitudes que nos façam transcender nossas inquietações e medos, que nos façam sentir a vida, em sua mais fiel e sublime essência.

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "591002" no campo.
  

 

Voltar