Conversa da madrugada
 



Diálogos

Conversa da madrugada

Adam Martins


- Amor...

- Hum? Que foi?

- Nada. Só tava pensando, você vai querer colocar a foto do bebê no Instagram?

- Não sei. Sim. Amanhã a gente vê isso.

- Mas assim, e se o bebê depois processar a gente por uso indevido da imagem?

- Luciana, são três da manhã. E o bebê nem nasceu, como que ele vai processar a gente?

- Não agora, né. Como que eu vou colocar a foto dele sem ele ter nascido.

- Ultrassom?

- Cala a boca, Jorge. Não é isso. Imagina que a gente coloca a foto dele online e quando ele crescer, porque todos os pais dessa geração colocaram a foto dos filhos na internet, vão criar uma geração de crianças que odeiam os pais por fazerem eles passarem vergonha e ficarem super expostos! E a gente briga e ele sai batendo a porta! Isso se tiverem portas daqui vinte anos.

- Vão ter portas daqui vinte anos.

- Como sabe? Você veio do futuro?

- Luciana, Jesus tinha porta!

- Tinha não, o anjo chegou pra Maria sem bater à porta.

- O anjo não tinha porta?

- Não, Jorge, o anjo veio falar que maria ia ter o filho sem ser anunciado.

- Então Jesus não tinha porta. Pronto.

- Mas e aí? Colocamos?

- Hm... tá. Mas e se a gente não colocar e ele sofrer bullying porque não tinha foto na internet desde bebê.

- Não tinha pensado nisso.

- Então pensa nisso, e amanhã você me fala. Te amo.

- Também te amo.


Adam Martins é advogado em São José dos Pinhais, Paraná, e tem como passatempo a escrita e a leitura de obras de ficção especulativa, fantasia e ficção científica.


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "185111" no campo.