Menina Ingrata
 



Diálogos

Menina Ingrata

Ana Paula de Oliveira Souza


— Se não fosse pelo seu pai, você não teria essa oportunidade e não estaria onde está.

— A senhora sempre diz isso, eu já sei, mãe.

— Sabe, e por que não dá valor? Tá sempre reclamando.

— Eu não tô reclamando.

— Nunca tá satisfeita, sempre arruma um defeito. E agora a escola.

— A escola o quê? Eles não gostam de mim e sempre implicam. A senhora sabe que é verdade.

— É uma reclamação atrás da outra — retrucava a mãe. — Uma hora é você que não se enturma, outra hora é falta de concentração. Você não quer participar das coisas. Assim fica difícil!

— Por que você não me tira de lá então? Eu não quero ir mais.

— Eu falei com o seu pai que você é mal agradecida, e não dá valor ao sacrifício que ele faz por você.
Agora deu pra inventar que tá doente pra não ir à escola.

— Eu não fico inventando. Vocês não acreditam em mim.

— Como eu vou acreditar, depois das coisas que você anda fazendo pra chamar a atenção?

— Do que a senhora tá falando?

— Quantas crianças negras têm a mesma oportunidade de estudar numa escola como essa? – perguntava a mãe enquanto a menina chorava. – E as suas amigas são de boa família, isso você não vê.

— Eu não conheço crianças negras na minha turma, porque lá não tem. E por isso eu sou obrigada a ficar? Eles nunca gostaram de mim. Eu sou diferente deles e não tenho amigas. Não adianta conversar isso com você, mãe. Você não me entende.

— Eu entendo que você tá de teimosia, e tá deixando o seu pai triste. Logo ele que faz tanto por você. Vê se muda o seu jeito, e dá mais valor as coisas que você têm.

A menina saiu batendo os pés em direção ao banheiro, abriu o armarinho e pegou a prancha alisadora para cabelo, enquanto as lágrimas escorriam.

— Ela acha que eu quero chamar atenção - disse baixinho a si mesma.


Ana Paula de Oliveira Souza mora em Petrópolis, RJ, e é formada em psicologia. Participa da Oficina Literária Online.


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "454507" no campo.