Minicontos

Walter Ego

Rafael Figueiredo


- Não existe nenhum propósito, Walter, um motivo para nós estarmos aqui. A vida é uma mera casualidade, um amontoado de peças que não se encaixam, lutando para se adaptar em um universo caótico. Como planetas solitários, orbitando há centena de quilômetros uns dos outros. E você vem me falar em amor, Walter? Pois o amor não passa de uma reação química gerada pela necessidade de reprodução, um impulso meramente genético.

- Mamãe, o vovô ta chamando o cachorro de Walter de novo.

 

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "551104" no campo.