Minicontos

Hora do chá

Rafael Figueiredo



Alice nunca mais voltou ao pais das maravilhas. Passou os dias contando as horas e as horas passaram rápido. O tempo, pregou-lhe rugas ao redor do rosto. E quando finalmente os olhos fecharam e a dor se foi, uma voz rompeu o silêncio: Quer chá?

 

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "071304" no campo.