Diálogos

Curiosidade infantil



- Mamãe, por que só eu tenho cabelo enrolado?
- Não é verdade, meu filho. Muita gente tem cabelo enrolado.
- Aqui em casa não. Todo mundo tem cabelo liso. Você, o papai, até o Gui.
- Isso é normal, Fê. As pessoas têm características diferentes. É uma das coisas que torna cada pessoa única.
- Na casa do Lucas todo mundo tem cabelo preto. Na casa da Letícia todo mundo tem cabelo amarelo.
- A Professora Tatiana tem cabelo enrolado. Aquela menina que vai na escola com você, filha da Sandra, também.
- A Sandra também tem cabelo enrolado. Igual o da Bruna. Porque é filha dela.
- Meu filho, nem sempre os filhos nascem parecidos com os pais. E não há nada de errado com isso.
- Só eu não saí parecido. O Gui também tem cabelo liso igual você.
- …
- Papai não tem cabelo. Aposto que seria liso se fosse grande. Só eu tenho cabelo enrolado.
- Tudo bem… É que o Gui é meu filho de barriga. Você é meu filho de coração. Por isso vocês são diferentes.
- O Gui não é filho de coração?
- Não… Quer dizer, de coração também. Mas nasceu da barriga.
- E eu nasci do coração?
- Sim.
- Por isso o Gui tem o olho da cor do teu e eu não? Por que ele saiu da barriga?
- Isso. Quem nasce da barriga sai mais parecido com os pais. Quem nasce do coração sai diferente.
- Hum.
- O que foi?
- O Jonas tem cabelo cacheado e essa pinta no braço igual a minha.
- Que… O quê?
- Ele não sabe de onde veio. Acho que a mancha significa que ele nasceu da minha barriga.


Bárbara Borba