Minicontos

Zétesis

Julio Dias


- Cheguei ao ponto que considerei o entendimento possível num primeiro momento. Parei e avaliei a proximidade do objetivo a ser atingido. Dei uns passos atrás, buscando distanciamento, notando o quanto mudava o que eu já sabia, mirando de mais longe. Em seguida, com os mesmos passos para frente, retomei o patamar já alcançado. Depois fui avançando devagar, absorvendo o novo, o desconhecido, notando as mudanças provocadas pela aproximação com a realidade. Anotei todas as impressões e deixei o tempo passar. Quando retomei de onde havia parado, percebi que eu tinha mudado e que essa mudança fez mudar as ideias que fazia. E com isso também compreendi que aquilo que eu pensava conhecer tão bem, tinha se modificado.
- E daí, você desistiu?
- Não, eu não desisti. Sei que essa busca nunca acaba.
- Não entendi nada. Você está bem? O que é isso?
- Zétesis, a busca interminável da verdade. Eu, conhecendo você.
- Cínico!

 

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "065308" no campo.